terça-feira , 26 maio 2020
Últimas Notícias

Frederico Westphalen terá multa para quem for flagrado sem máscara

A Administração de Frederico Westphalen publicará nesta quarta-feira, 13, decreto municipal que vai estabelecer entre outras novas condições o uso obrigatório de máscara também em locais públicos e nas ruas. Além disso, o documento também irá prever a aplicação de multa de R$ 50 para quem descumprir a legislação, ou seja, as pessoas que forem flagradas sem máscara, e R$ 150 em caso de reincidência.

A informação foi antecipada durante a Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores, na noite dessa terça-feira, que teve a presença do Assessor Jurídico da Prefeitura, Jonathan Carvalho, e da Secretária Municipal de Saúde, Lea Tomschke. Na oportunidade, os representantes do Poder Executivo apresentaram ações realizadas no enfrentamento ao coronavírus.

Outra novidade divulgada pelo assessor jurídico da Administração Municipal diz respeito ao convênio com o Consórcio Intermunicipal de Saúde – CONSIM, entidade com sede em Palmeira das Missões, objetivando a realização de exames de Covid-19, autorizado pela Câmara de Vereadores através do Projeto de Lei Nº 22/ 2020, e aprovado em Sessão Extraordinária. Carvalho informou que os trâmites foram finalizados nessa terça-feira e que neste primeiro momento serão disponibilizados mil testes para o município de Frederico Westphalen através do Laboratório de Genética e Microbiologia do Campus de Palmeira das Missões da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Em sua manifestação, a secretária de Saúde enfatizou a adequação dos horários de atendimento das unidades básicas e o direcionamento dos pacientes com sintomas de Covid-19 para o Posto Dr. Ayres. Léa também reforçou os protocolos que precisam ser seguidos tanto no atendimento aos pacientes como na realização dos testes.

– O que nos norteia, nós temos uma nota informativa do COE que é o Centro de Operações de Emergência do RS, da Secretaria Estadual, disponível na internet pra todas as pessoas que quiserem ter acesso e o que define a nível de atenção básica, ou seja, a testagem nesse posto Ayres, é exatamente o que diz no índice três, sobre síndrome gripal de pacientes não hospitalizados; eu vou citar isso porque a gente sabe que é algo bastante questionado; os casos devem ser notificados no sistema e-SUS VE (Sistema de Notificação do Ministério da Saúde). Nesse momento esses casos não serão investigados laboratorialmente pelo Sistema Único de Saúde, devem permanecer em isolamento domiciliar por 14 dias após o início dos sintomas, assim como seus contatos domiciliares, esclareceu a secretária, que também salientou a importância de a comunidade continuar respeitando as medidas de prevenção.

 

 

Fonte: Jornal Folha do Noroeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top